Cris Diogo em Nova Zelandia[Entrevistando Expatriados] Nova Zelandia, a terra dos Kiwis, é o país que Cristiane chama de casa.
A princípio, ela só tinha intenção de ficar 6 meses estudando, mas para sua surpresa, ela foi ficando… e hoje, esta muito adaptada ao estilo de vida Neozeolandes; mora com o namorado (kiwi), trabalha em uma multinacional, continua se aperfeiçoando nos estudos e vai levando a vida.
Confira mais detalhes de sua história e de suas dicas…

– Nome: Cristiane Diogo

– Onde nasceu e cresceu?
Nasci em Fortaleza, morei dos 6 aos 11 em SP, dos 11 aos 15 em Sao Luis e de volta para Fortaleza

– Em que país e cidade você mora?
Moro em Auckland, na Nova Zelandia

– Você mora sozinho ou com sua família?
Moro com meu kiwi partner. Ate alguns meses atras morava com a minha irma.
Cris Diogo em Nova Zelandia

– Há quanto tempo você reside nesse local?
Desde setembro 2005

– Já residiu em outro(s) país(es) antes dessa experiência?
Nao

– Qual sua idade?
32

– Quando surgiu a idéia de residir no exterior?
Minha melhor amiga sempre sonhou em morar no exterior, sinceramente nunca esteve nos meus planos. Ela veio para a New Zealand no natal de 2004 e nos sempre nos falavamos ate que ela disse: “por que voce nao vem para ca?”. Minha vida estava organizada, eu estava feliz e tranquila, mas quando contei para minha irma (que eh 8 anos mais nova do que eu) ela decidiu que queria ir, organizou passagem e um curso de ingles e em 1 mes estava viajando. Apesar da diferenca de idade, nos sempre fomos muito proximas e ela estava passando por problemas de adaptacao, complicados flatmates, sem saber o que fazer, e eu decide vir. Vim para Nova Zelandia com o objetivo de passar 6 meses, melhorar meu ingles, ter um break da minha vida corrida e voltar para casa no Brasil. Dois meses depois de chegar eu me matriculei num curso de dois anos e ca estou feliz da vida.
Cris Diogo em Nova Zelandia

– Foi difícil conseguir o visto de residência ou o visto de trabalho?
A Nova Zelandia eh um pais relativamente novo, com 4 milhoes de pessoas e uma atividade migratoria intensa. 15 anos atras, NZ abriu as portas para imigrantes para que o pais tivesse maos para trabalhar, hoje a situacao mudou um pouco, mas as portas ainda estao abertas. A diferenca eh que eles precisam de skilled migrants (imigrantes qualificados). Quando eu vim para ca, eu tinha uma faculdade e uma pos-graduacao (Pedagogia e Recursos Humanos) e vasta experiencia em organizacao e producao de eventos. Mas nao falava ingles suficiente para conseguir um trabalho, entao eu estudei ingles de setembro ate dezembro/2005 e em janeiro/2006 eu comecei um curso de Business. A partir de entao, eu fiquei com o visto de estudante, o que quer dizer que eu podia trabalhar 20h por semana. Quando acabei meu curso, recebi um ano de visto de trabalho e estou aplicando minha residencia agora.

– Você tem seguro saúde? Foi difícil obtê-lo antes ou depois da sua chegada?
Para ser estudante na NZ eh obrigatorio ter o seguro saude, pago um particular, Southern Cross. Mas sinceramente eles nao cobrem tudo e se voce realmente precisar de medicos, vai pagar muito, muito caro aqui.

– Você trabalha? Como a renda familiar é obtida?
Durante o periodo que eu estava estudando eu trabalhei num bar, aqui eh muito facil encontrar trabalho em bares, restaurantes, hoteis. Muitos imigrantes, mesmo aqueles que nao falam ingles, conseguem trabalhar lavando louca ou cortando legumes. Eu trabalhava atras do balcao num bar. Procurei emprego enquanto estava estudando, mas o fato de eu ter permissao para trabalhar somente 20h por semana me afastava de grandes empresas (o que eu estava procurando). No ultimo mes do meu curso passei por varias entrevistas e reunioes e comecei a trabalhar para Telecom (a maior empresa de Telecomunicacoes da Australasia) depois de 3 dias que eu acabei meu curso.
Meu namorado eh advogado, mas administra o negocio da familia dele.

– Se a resposta anterior foi sim, você mudou de área depois da saída do Brasil ou continua no mesmo setor?
Mais ou menos… no Brasil, eu era uma produtora de eventos, que trabalhou anos com o Fortal (maior micareta do pais, todos os julhos em Fortaleza) e grandes feiras de tecnologia. Devo dizer que procurei muito trabalho na minha area, mas eles sempre exigem experiencia neozelandeza. Quando entrei na Telecom foi como Communication Analyst, em um dos seus projetos, mas entrei de olho no mundo corporativo e no departamento de eventos, coincidentemente, acabei cruzando com a gerente e tenho uma reuniao com ela na semana que vem. Minha unica preocupacao era de estar numa empresa grande que me desse reconhecimento e oportunidade de crescer, mesmo que eu nao comecasse a fazer exatamente o que eu queria. Plano de carreira…

– Você fala a língua local? Você acredita que é importante aprender a língua local?
Definitivamente voce precisa falar a lingua. A lingua official na NZ eh ingles (mas devo confessar que nao entendia nada do sotaque e girias deles quando cheguei aqui). Por aqui, tambem se fala maori (a lingua dos primeiros habitantes) e, ao andar pelo centro de Auckland voce entende a babilonia que eh essa cidade, indianos, chineses, arabes, brasileiros, japoneses, vietnamitas… todas as liguas sendo faladas ao mesmo tempo.
Entao, responda a pergunta: vc daria um emprego no Brasil para alguem que nao falasse portugues? Entao, se voce quer crescer de verdade, eh preciso falar a lingua fluentemente e tentar se inserir nos costumes locais.

– O que você pensa sobre seu novo país e o local onde mora (e/ou onde morou)? Eles respeitam os Brasileiros e outros expatriados vivendo nesse país?
Exatamente por causa da diversidade cultural, os neozelandezes sao acostumados e abertos a estrangeiros, mas eh importante entender que se voce decide morar em outro pais, eh preciso andar de acordo com as suas regras. O que eu quero dizer eh: muitos grupos etnicos (inclusive brasileiros) se limitam em viver em suas comunidades, so falam a sua lingua, moram com amigos do mesmo pais, so escutam a sua musica e continuam agindo como se estivessem nos seus paises. Esse tipo de estrangeiro eh mal visto (ate por que, nao vai aprender a falar ingles e se comunicar, se voce nunca treinar a lingua) e sinceramente vai sair daqui falando mal dos kiwis (neozelandezes) e do pais.
De acordo com o ranking da ONG Transparency (www.transparency.org), New Zealand eh pais menos corrupto do mundo juntamente Suecia, o Brasil ficou em 72nd lugar nessa lista, atras da South Africa, Chile, Cuba e ate da Namibia, estou dando essas informacoes por que as vezes, alguns brasileiros acham que o “jeitinho brasileiro” cola por aqui. As pessoas sao quase ingenuas aqui, nao tem a preocupacao com roubo e outras malandragens que todo brasileiro ta acostumado a evitar. E dao bobeira mesmo.
Brasileiro que faz um contrato de aluguel, nao paga as ultimas semanas e vai embora para o Brasil faz com que outros brasileiros tenham dificuldade de alugar um apartamento.
As vezes deixam o emprego sem dar, pelo menos, um aviso, por que encontraram outro que paga melhor ou mais perto, faz com que esse empregador nao contrate outros brasucas.
Eu tenho poucos amigos brasileiros na NZ, a maioria deles esta estabilizada e deciciu ficar nesse pais para se ter uma melhor qualidade de vida (aqui nao eh o pais certo se voce quer juntar dinheiro e mandar para o Brasil), mas eu tento fazer o maximo de atividades que possam me inserir nesse novo pais, continuo me acostumando com muitas coisas, mas uma coisa tem que se ter em mente. Paises sao diferentes, nao podemos procurar os mesmos tipos de diversao, comida, produtos, temos que nos adaptar e entender que diferenca nao quer dizer melhor ou pior, so diferente…
Cris Diogo em Nova Zelandia

– Você tem filhos? Se sim, eles se adaptaram ao novo país? Estudam e têm amigos locais?
Nao tenho filhos ainda.

– Sente saudades da família no Brasil? Sente falta de produtos, alimentos e outras peculiaridades?
Claro que sim, falo com minha mae pelo menos 3 vezes por semana (aqui tem uns cartoes telefonicos que custam $10 e eu posso falar 124 minutos com o Brasil), minha irma mora aqui (o que ameniza a saudade) e eu cozinho baiao de dois (a mistura nordestina de arroz com feijao) e outras comidinhas no estilo brasileiro. Da para comprar alguns produtos por aqui e o resto a gente vai improvisando… Sinto falta dos amigos, de poder ir sozinha para praia e encontrar duzias de conhecidos, sinto falta das festas (ninguem se diverte como a gente!!) e de poder comprar roupa do jeito que eu gosto.

– O que costuma fazer nas horas vagas, finais de semana e feriados? Quais as atividades recreacionais existentes?
Posso dizer que eu estou bem adaptada com os costumes e amigos kiwis. Neozelandezes sao outdoor people, o que quer dizer que eles curtem fazer atividades esportivas que envolvam a natureza. Final de semana quer dizer viajar… fazer trilhas (adoro), barcos, lagos, pescar, churrasco com amigos, especialmente no verao (de dezembro a marco), onde temos lindos longos dias de sol (o sol se poe as 9 da noite!), saio do trabalho as 5 e posso ir para praia fazer uma caminhada. Absolutmente maravilhoso. Muitos brasileiros trabalham fins de semana e nao tem muito tempo para curtir essas coisas e acabam tomando uma cervejinha com outros brasileiros.

– Você tem planos para o futuro? Pretende viver nesse país para sempre?
Cris Diogo em Nova ZelandiaTenho 32 anos, sinto que nao tenho muito tempo a perder, acabei de entrar numa grande empresa e quero desenvolver minha carreira la, estou com meu partner a 1 ano e 7 meses, moramos juntos e temos planos de casar e filhos. Entao eu pretendo sim, ficar por aqui.
E estou muito feliz com minha decisao…

– Você comprou ou alugou o local que reside? Quanto pagou ou paga por isso? Comprar imóveis é algo comum nesse país?
Infelizmente esse eh um dos pontos negativos da NZ, o boom imobiliario fez com que qualquer casinha basica custasse $300.000 (eh muito facil uma casa custar alguns milhoes).
Para se ter uma ideia, um apartamento basico, minusculo, no centro de Auckland, custa em media $300 por semana (eh, a gente paga aluguel por semana, mas tambem recebe dinheiro por semana). Casas em bairros melhores podem, facil, facil custar 600-700 por semana. Comprar imoveis esta ficando cada vez mais distante da realidade do kiwi mediano.

– Qual o custo de vida?
Isso depende muito do estilo de vida, viver aqui pode ser bem caro, especialmente por que a maioria das mulheres nao trabalha depois de terem filhos (creches sao absurdamente caras, se vc colocar seus dois filhos no day care, provavelmente vai ter que usar todo seu salario para pagar, entao eh melhor ficar em casa)
O governo da um monte de beneficios para as familias, inclusive tem muita gente preguicosa que vive disso, o salario medio eh $32000 (ano) mas definitivamente isso nao eh suficiente para uma familia de 4.
Mas nao quero desanimar ninguem… meu primeiro contrato foi bem superior a isso, entao, se voce eh qualificado, com certeza tem melhores oportunidades.
A tabela abaixo mostra como vive um estudante medio brasileiro:
Gastos com: Valor por semana
Acomodação De NZ$ 80.00 à NZ$ 120.00
Alimentação De NZ$ 65.00 à NZ$ 100.00
Transporte De NZ$ 15.00 à NZ$ 90.00
Telefonia De NZ$ 10.00 à NZ$ 20.00
Internet/hora De NZ$ 2.00 à NZ$ 4.00
Laundry (lavanderia por utilização) De NZ$ 2.00 à NZ$ 4.00
TOTAL POR SEMANA De NZ$ 164.00 à NZ$ 338.00

– Quais os pontos positivos e negativos de morar nesse país?
Positivos:
A Nova Zelandia eh um pais inacreditavelmente bonito, qualquer ponto desse pais esta a poucas horas do mar, vc tem neve, montanha, praia, floresta, tudo num so lugar.
Seguranca. Se sentir tranquila, dirigir com os vidros abaixados, nao estar apavorada com a violencia nao tem preco.
Oportunidades. Se voce esta preparado para trabalhar e se dedicar, com certeza vai encontrar sucesso.
Educacao, quando vou correr pelas ruas e encontro alguem correndo/andando no sentido contrario, as pessoas riem umas para outras. Estao sempre dizendo bom dia, obrigado e por favor.
Produtos eletronicos e carros sao muito acessiveis, todo mundo pode comprar.
Negativos:
Aqui eh longe do Brasil, muito longe. Para se ir para o Brasil tem gastar um bom dinheiro e ter pelo menos seis semanas. (pelo menos eh mais facil comprar uma passagem se vc mora na NZ do que se vc mora no Brasil)
Nao sei por que, tendo tantas fazendas e um enorme rebanho de carneiros e vacas, carne aqui eh muito cara. Frutas e vegetais tambem se comparado com o Brasil.
Comprar uma casa eh para gente rica ou muito corajosa de pegar um grande financiamento.
A juventude bebe demais, e bebem muito rapido e acham que ficar bebado caindo eh sinonimo de diversao.
Depois dos 30, ta todo mundo casado e com filhos e nao tem bons lugares para se divertir.
Nunca passei por nenhum, mas todo tipo de desastre natural pode acontecer por aqui, terremoto, tsunami, vulcao…
Foto 5

– Você tem sugestões ou dicas para pessoas que pretendem viver nesse país?
Pesquise sobre o pais que voce quer morar antes de se mudar.
Aprenda a lingua, ou pelo menos o basico, antes de deixar seu pais, vai facilitar sua adaptacao e achar um emprego.
Se puder, venha depois de formado/qualificado com alguma experiencia no mercado de trabalho, isso abre portas e faz com que vc nao precise lavar louca.
Cheque o website da imigracao, tem listas das profissoes que sao requisitadas e que podem te dar residencia de cara, voce ficaria surpreso em saber que alem de medicina, tecnologia, agronomia, outras profissoes como marcineiro, cabelereiro, eletricista estao em alta demanda. Faca um curso reconhecido internacionalmente como Sesc/Senai.
Junte algum dinheiro e esteja preparado para passar uns meses tentando se encontrar.
Se tiver familia, venha sozinho(a) e tente se organizar antes de trazer o resto da tropa.
Tente se aproximar de pessoas do novo pais, se exponha a lingua o maximo que voce puder, veja televisao, ouca o radio, leia revistas.
Tenha uma atitude positiva e forca de vontade.

– Você gostaria de recomendar algum web site ou blog relacionado à esse país?
Meu blog, informacoes e fotos da NZ: http://crisdiogo.blogspot.com/
Imigracao na NZ: www.immigration.govt.nz
Achar um trabalho na NZ: www.seek.co.nz
Comprar e vender qualquer coisa na NZ: www.trademe.co.nz

That’s all folks, espero que tenha mostrado um pouco de como eh viver na nz, se vcs tiverem outras perguntas eh so mandar.

Participe… Deixe seu comentário!

Todas as entrevistas estão nesse link

News Reporter
Criou o Bate Papo Pelo Mundo (também conhecido como Entrevistando Expatriados) em 2008 e adora conversar sobre o assunto vida no exterior. Atualmente mora no Canadá, mas também já chamou de casa países como a Holanda, os Estados Unidos e a Australia. Ela também escreve nos blogs Casal Mikix e Viajoteca, e atua como consultora de intercâmbio para o Canadá, junto a Mikix Intercâmbio.

0 thoughts on “Uma brasileira na terra dos kiwis

  1. Olá! Adorei suas dicas, realmente são muito boas! Me identifiquei com vc! Eu sou cearense, morei no Maranhão e no momento estou no RJ e quero ir mora na NZ, mas, estou precisando de ajuda, por que eu não sei como devo fazer, minha prima disse que era melhor eu fazer um intercâmbio primeiro, mas o intercâmbio é muito caro e eu acredito que não viveria experiências do cotidiano normal, me ajudem, por favor, eu quero ir em janeiro de 2014.

  2. Sou dentista e gostaria muito de morar ai. Será que consigo validar meu diploma ou encontrar um trabalho como auxiliar de dentista por ai?

    Obrigada

  3. Parabens pela entrevista! Consigo encontrar muita semelhanca com sua historia. Vivo aqui ha 5 anos, um lugar excelente para viver, nao para juntar dinheiro.
    Para os novos expatriados na NZ, infelizmente ja nao estao mais abertos assim, o desemprego esta alto em areas coorporativas.
    Se voce eh medico, dentista, profissional da saude, IT, contador internacionalmente credenciado ou ainda profissional tecnico ( profissional mesmo, com curso e experiencia conprovada formalmente) recomendo que venha.
    Se voce vem para estudar e passear, eu recomendo.
    Se o objetivo eh guardar dinheiro, colheita, etc. por favor nao de assunto para picaretas!
    Trabalho em fazenda vale a pena sim, se voce for Eng. Agronomo, Veterinario ou Zootecnista!
    Ja trrabalhei como agente de imigracao e garanto para voces que no ultimo ano o governo so quer realmente eliminar ao maximo o numero de estrangeiros, com o governo anterior qualquer um pegava visto para qualquer coisa ( isso aconteceu comigo) o que hoje eh impensavel!

  4. Ah, esqueci de deixar um comentario, NAO CONFIEM NA MBRAZIL, conheço muitos brasileiros que vieram pra cá com varias propostas de trabalho e salários que eh impossivel pra brasileiros que acabam de chegar. Pra muitas dessas pessoas, prometeram que haveria uma pessoa esperando no aeroporto assim que chegassem aqui, mas essa pessoa nao existe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Ola, adorei sua entrevista. Eu e meu namorado moramos em Blenheim, NZ a 3 anos. Viemos da Australia, onde ficamos por 2-3 meses como turistas. Passamos maus bocados aqui no inicio, mas foi mais por falta de informaçao. Jah nos habituamos ao ingles, meu namorado ainda ta aprendendo, muita convivencia com brasileiros realmente dificulta. Os brasileiros estao chegando aos montes aqui, mas muitas más açoes tornam as coisas piores pra basileiros honestos. Mas uma coisa que acho um pouco fraca eh educaçao, fiquei sabendo que no high school (3 colegial) os estudantes podem retirar exatas (matematica, quimica e fisica) da grade escolar e repoem com aulas de violao, teatro…acho que cursos exracurriculares sao importantes, mas deveriam ter o basico. Trabalho numa fabrica onde tem muitos adolescentes que nem terminaram a scola ainda, de 15, 16 anos, e eles naum sabem fazer contas simples de adiçao ou subtraçao no papel. E as vezes temos a impressao de que vivem num mundo fechado, soh deles, mas acho que eh pq realmente sao um pouco ingenuos.
    Mas eh tudo uma questao de costume, tenho boas qualificaçoes no Brazil, mas estamos lutando para dar entrada na residencia, estamos tentando achar um luz no fim do tunel. Queremos muito ficar aqui, a vida tranquila, sem violencias eh muito boa, poder deixar o carro na rua, ou saber que se vc esquecer um par de tenis ou qualquer outra coisa pra fora de casa, vai encontrar no dia seguint, no mesmo lugar. E as janelas nas casas, sem grades!!!! se altos muros que fazem sombra o que te impedem de ver pessoas e paisagens. NZ eh incrivel!!!!

  6. Olá Cristiane, tudo bem?
    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo seu blog, é realmente bem completo. E suas respostas doram bem precisas e me ajudaram com mtas dúvias que tinha.
    Tbm estou mto interessada em viver um tempo em NZ, e por isso estou devorando todos os sites que encontro, buscando infomações que possam me ajudar nessa jornada.
    Durante essas pesquisas encontrei uma agência chamada MBRAZIL, que oferece um programa de Colheita de Frutas, o que está mais acessível para mim e meu noivo.
    Gostaria de saber se você conhece pessoas que trabalham nessa atividade e se acha que dá para viver com uma renda de $10,50 por hora.
    Se puder me responder, ficarei mto grata.
    Desde já agradeço pelas informações do seu Blog e pelo espaço.

  7. Opa, tudo bem? Gostaria de saber mais sobre as possibilades de viver na NZ. Por exemplo, você entrou como estudante, matriculada em curso de inglês já aqui no Brasil, ou você foi como turista, matriculou-se em curso de inglês já estando ai. Se eu entrar como turista eu posso ficar definitivamente ai, Como eu posso fazer isso? Vc sabe a diferença entre work permit e work visa?

    Muito Obrigado por sua atenção!

    PS: (Por favor, responda por email)

  8. ola !!
    entao estou interessado em morar na nova zelandia , para trabalhar em colheitas de frutas pela mbrasil vc ja ouviu falar desta empesa , vc aconselho alguem viajar a trabalho a nova zelandia para ganhar nzz10,50 por hora ..? eu te agradeço e eséro pela resposta ok. o meu msn é fco_carvalhosombra@hotmail.com se tiver e puder passat te serei grato ..abraço

  9. Ola!!! Adorei a entrevista. estou morando na NZ atualmente e gostaria de saber como vc consegui entrar nesta empresa que trabalha hj. Gostaria muito de trabalhar em uma empresa aqui,ja que no Brasil era gerente de banco. Se puder responda!
    Grata!

  10. Ola Cristiane, Parabens pela iniciativa e pela entrevista com certeza estara auxiliando bastante as pessoas que se interessam em ir a Oceania.
    Eu resido na Europa a quase 8 anos e estou indo a NZ pra abrir uma filial de nossa empresa, gostaria se possivel de falar com voce sobre negocios, sobre a vida ai, perspectivas, etc…
    Se puder me mandar seu numero eu poderia te ligar pra voce prontamente.
    Me mande seu contato e melhor horario pra te ligar.

    Um abraco.
    Valtair

  11. Gostei muito da entrevista! A NZ parece ser muito bonita e bem diferente dos outros países , mais aberta aos extrangeiros. E acho muito imporante se familiriarizar coma cultura e se enturmar com as pessoas locais, não ficar apenas entre brasileiros, abrir o mundo!
    Parabéns!!!

  12. Ola Cris,
    Muito obrigada pela sua entrevista, estou morando em Paris a 3 anos e sinto muita falta do Brasil.
    Vendo entrevista como a sua me motiva a querer fazer alguma coisa enquanto estou por aqui.
    Fique com Deus
    Au revoir

  13. obrigado por nos falar um pouco de nova zelândia…eu tenho 17 anos e meu sonho é morar na Espanha ou aieu sou brasileira…num vejo a hora de realizar esse sonho vc acha q devo tentar?BjOos

  14. Oi Cris tudo bonzinho, trabalho aqui no Brasil em uma empresa que está encerrando as atividades, estou pensando em investir em uma viagem e quem sabe morar na austrália, soube de algumas fazendas que precisam de mão-de-obra vc aconselha?

    Responde pra meu email por favor.

    grato, abração!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Cris Diogo em Nova Zelandia[Entrevistando Expatriados] Nova Zelandia, a terra dos Kiwis, é o país que Cristiane chama de casa.
A princípio, ela só tinha intenção de ficar 6 meses estudando, mas para sua surpresa, ela foi ficando… e hoje, esta muito adaptada ao estilo de vida Neozeolandes; mora com o namorado (kiwi), trabalha em uma multinacional, continua se aperfeiçoando nos estudos e vai levando a vida.
Confira mais detalhes de sua história e de suas dicas… Continue reading “Uma brasileira na terra dos kiwis” <span class="meta-nav">→</span>

News Reporter
Criou o Bate Papo Pelo Mundo (também conhecido como Entrevistando Expatriados) em 2008 e adora conversar sobre o assunto vida no exterior. Atualmente mora no Canadá, mas também já chamou de casa países como a Holanda, os Estados Unidos e a Australia. Ela também escreve nos blogs Casal Mikix e Viajoteca, e atua como consultora de intercâmbio para o Canadá, junto a Mikix Intercâmbio.

20 thoughts on “Uma brasileira na terra dos kiwis

  1. Olá! Adorei suas dicas, realmente são muito boas! Me identifiquei com vc! Eu sou cearense, morei no Maranhão e no momento estou no RJ e quero ir mora na NZ, mas, estou precisando de ajuda, por que eu não sei como devo fazer, minha prima disse que era melhor eu fazer um intercâmbio primeiro, mas o intercâmbio é muito caro e eu acredito que não viveria experiências do cotidiano normal, me ajudem, por favor, eu quero ir em janeiro de 2014.

  2. Sou dentista e gostaria muito de morar ai. Será que consigo validar meu diploma ou encontrar um trabalho como auxiliar de dentista por ai?

    Obrigada

  3. Parabens pela entrevista! Consigo encontrar muita semelhanca com sua historia. Vivo aqui ha 5 anos, um lugar excelente para viver, nao para juntar dinheiro.
    Para os novos expatriados na NZ, infelizmente ja nao estao mais abertos assim, o desemprego esta alto em areas coorporativas.
    Se voce eh medico, dentista, profissional da saude, IT, contador internacionalmente credenciado ou ainda profissional tecnico ( profissional mesmo, com curso e experiencia conprovada formalmente) recomendo que venha.
    Se voce vem para estudar e passear, eu recomendo.
    Se o objetivo eh guardar dinheiro, colheita, etc. por favor nao de assunto para picaretas!
    Trabalho em fazenda vale a pena sim, se voce for Eng. Agronomo, Veterinario ou Zootecnista!
    Ja trrabalhei como agente de imigracao e garanto para voces que no ultimo ano o governo so quer realmente eliminar ao maximo o numero de estrangeiros, com o governo anterior qualquer um pegava visto para qualquer coisa ( isso aconteceu comigo) o que hoje eh impensavel!

  4. Ah, esqueci de deixar um comentario, NAO CONFIEM NA MBRAZIL, conheço muitos brasileiros que vieram pra cá com varias propostas de trabalho e salários que eh impossivel pra brasileiros que acabam de chegar. Pra muitas dessas pessoas, prometeram que haveria uma pessoa esperando no aeroporto assim que chegassem aqui, mas essa pessoa nao existe!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Ola, adorei sua entrevista. Eu e meu namorado moramos em Blenheim, NZ a 3 anos. Viemos da Australia, onde ficamos por 2-3 meses como turistas. Passamos maus bocados aqui no inicio, mas foi mais por falta de informaçao. Jah nos habituamos ao ingles, meu namorado ainda ta aprendendo, muita convivencia com brasileiros realmente dificulta. Os brasileiros estao chegando aos montes aqui, mas muitas más açoes tornam as coisas piores pra basileiros honestos. Mas uma coisa que acho um pouco fraca eh educaçao, fiquei sabendo que no high school (3 colegial) os estudantes podem retirar exatas (matematica, quimica e fisica) da grade escolar e repoem com aulas de violao, teatro…acho que cursos exracurriculares sao importantes, mas deveriam ter o basico. Trabalho numa fabrica onde tem muitos adolescentes que nem terminaram a scola ainda, de 15, 16 anos, e eles naum sabem fazer contas simples de adiçao ou subtraçao no papel. E as vezes temos a impressao de que vivem num mundo fechado, soh deles, mas acho que eh pq realmente sao um pouco ingenuos.
    Mas eh tudo uma questao de costume, tenho boas qualificaçoes no Brazil, mas estamos lutando para dar entrada na residencia, estamos tentando achar um luz no fim do tunel. Queremos muito ficar aqui, a vida tranquila, sem violencias eh muito boa, poder deixar o carro na rua, ou saber que se vc esquecer um par de tenis ou qualquer outra coisa pra fora de casa, vai encontrar no dia seguint, no mesmo lugar. E as janelas nas casas, sem grades!!!! se altos muros que fazem sombra o que te impedem de ver pessoas e paisagens. NZ eh incrivel!!!!

  6. Olá Cristiane, tudo bem?
    Primeiramente gostaria de te parabenizar pelo seu blog, é realmente bem completo. E suas respostas doram bem precisas e me ajudaram com mtas dúvias que tinha.
    Tbm estou mto interessada em viver um tempo em NZ, e por isso estou devorando todos os sites que encontro, buscando infomações que possam me ajudar nessa jornada.
    Durante essas pesquisas encontrei uma agência chamada MBRAZIL, que oferece um programa de Colheita de Frutas, o que está mais acessível para mim e meu noivo.
    Gostaria de saber se você conhece pessoas que trabalham nessa atividade e se acha que dá para viver com uma renda de $10,50 por hora.
    Se puder me responder, ficarei mto grata.
    Desde já agradeço pelas informações do seu Blog e pelo espaço.

  7. Opa, tudo bem? Gostaria de saber mais sobre as possibilades de viver na NZ. Por exemplo, você entrou como estudante, matriculada em curso de inglês já aqui no Brasil, ou você foi como turista, matriculou-se em curso de inglês já estando ai. Se eu entrar como turista eu posso ficar definitivamente ai, Como eu posso fazer isso? Vc sabe a diferença entre work permit e work visa?

    Muito Obrigado por sua atenção!

    PS: (Por favor, responda por email)

  8. ola !!
    entao estou interessado em morar na nova zelandia , para trabalhar em colheitas de frutas pela mbrasil vc ja ouviu falar desta empesa , vc aconselho alguem viajar a trabalho a nova zelandia para ganhar nzz10,50 por hora ..? eu te agradeço e eséro pela resposta ok. o meu msn é fco_carvalhosombra@hotmail.com se tiver e puder passat te serei grato ..abraço

  9. Ola!!! Adorei a entrevista. estou morando na NZ atualmente e gostaria de saber como vc consegui entrar nesta empresa que trabalha hj. Gostaria muito de trabalhar em uma empresa aqui,ja que no Brasil era gerente de banco. Se puder responda!
    Grata!

  10. Ola Cristiane, Parabens pela iniciativa e pela entrevista com certeza estara auxiliando bastante as pessoas que se interessam em ir a Oceania.
    Eu resido na Europa a quase 8 anos e estou indo a NZ pra abrir uma filial de nossa empresa, gostaria se possivel de falar com voce sobre negocios, sobre a vida ai, perspectivas, etc…
    Se puder me mandar seu numero eu poderia te ligar pra voce prontamente.
    Me mande seu contato e melhor horario pra te ligar.

    Um abraco.
    Valtair

  11. Gostei muito da entrevista! A NZ parece ser muito bonita e bem diferente dos outros países , mais aberta aos extrangeiros. E acho muito imporante se familiriarizar coma cultura e se enturmar com as pessoas locais, não ficar apenas entre brasileiros, abrir o mundo!
    Parabéns!!!

  12. Ola Cris,
    Muito obrigada pela sua entrevista, estou morando em Paris a 3 anos e sinto muita falta do Brasil.
    Vendo entrevista como a sua me motiva a querer fazer alguma coisa enquanto estou por aqui.
    Fique com Deus
    Au revoir

  13. obrigado por nos falar um pouco de nova zelândia…eu tenho 17 anos e meu sonho é morar na Espanha ou aieu sou brasileira…num vejo a hora de realizar esse sonho vc acha q devo tentar?BjOos

  14. Oi Cris tudo bonzinho, trabalho aqui no Brasil em uma empresa que está encerrando as atividades, estou pensando em investir em uma viagem e quem sabe morar na austrália, soube de algumas fazendas que precisam de mão-de-obra vc aconselha?

    Responde pra meu email por favor.

    grato, abração!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *