Compartilhe com seus amigos:

Denise na Africa do SulEntre praias e savanas, surfistas e leões, Denise vive na mágica Cape Town na Africa do Sul.
Ela não só vive na Africa, ela vive “A Africa“, de verdade!
Divirta-se e apaixone-se com sua história…

– Nome:
Denise

– Onde nasceu e cresceu?
Sao Paulo, Brasil

– Em que país e cidade você mora?
Cape Town (ou Cidade do Cabo), Africa do Sul.
Denise na Africa do Sul

– Você mora sozinho ou com sua família?
Vim somente com meu namorado, sulafricano, que conheci em Londres onde morei 6 anos.

– Há quanto tempo você reside nesse local?
4 anos

– Já residiu em outro(s) país(es) antes dessa experiência?
Londres, Inglaterra, por 6 anos.

– Qual sua idade?
32

– Quando surgiu a idéia de residir no exterior?
Logo depois de terminar a faculdade, arrumei as malas e fui sozinha estudar ingles em Londres por 2 meses, pensando em fazer mestado por la. Fiz, e ainda fiquei mais 5 anos. Cansada do clima horrivel e do alto custo de vida, resolvi mudar para a Africa do Sul com meu namorado sulafricano.

– Foi difícil conseguir o visto de residência ou o visto de trabalho?
Nao foi nada dificil, e foi gratuito, mas foi demorado. Ha 4 anos atras, pelos menos, ainda era possivel obter residencia atraves de um visto ‘Life Partner’, ou seja, assim como se fossemos casados, consegui a residencia sulafricana atraves do meu namorado, pois ja estavamos juntos ha mais de 2 anos. O processo demorou mais de 2 anos, enquanto nao ficou pronto, o visto de residencia temporaria ia sendo renovado a cada 6 meses, ate que recebi um visto de trabalho de 2 anos, quando comecei a trabalhar full-time. Hoje tenho um visto de residencia permanente (com carteira de identidade e passaporte), que me da todos os direitos, exceto votar e agora estou esperando sair a cidadania.
Denise na Africa do Sul, Cape Town

– Você tem seguro saúde? Foi difícil obtê-lo antes ou depois da sua chegada?
Tenho seguro de saude particular, ja que o sistema de saude publico e’ tao ruim como no Brasil, senao pior… No me caso, o seguro e’ ligado a empresa onde trabalho e cobre tudo inclusive dentista e medicamentos, mas estes so 50% do valor. De resto 100%. Custa em volta de 200 reais por mes por pessoa.

– Você trabalha? Como a renda familiar é obtida?
Eu sou designer grafico, formada em SP, com mestrado em Londres. Trabalhei nos dois paises antes de vir pra Africa do Sul. Meses ante de vir, ja estava buscando pela internet agencias e empresas, mandei meu CV, preparei um website com meu portfolio, pedi cartas de referencia e fui preparada e com entrevistas marcadas. Nos primeiros 6 meses, fiz trabalhos freelance de casa, enquanto buscava um emprego permanente. Foi quando comecei a trabalhar na editora onde estou ate hoje, apenas mudei de departamento depois de 2 anos. Meu noivo tem seu proprio negocio.

– Você fala a língua local? Você acredita que é importante aprender a língua local?
Existem 11 idiomas oficiais na Africa do Sul. Ingles e afrikaans sao os mais usados. Falo ingles fluentemente e sei bem afrikaans, mas ainda tenho muito o que aprender. Afrikaans e’ parecido com o holandes, foi trazido pelos colonizadores e transformado, na verdade, simplificado. Ja as linguas nativas, como zulu, xhosa, shoto… so sei dizer oi, tchau, obrigada, essas coisas. Dependendo da regiao, a lingua mais falada muda, mas em geral todo mundo fala ingles, e a maioria tambem fala, ou entende afrikaans. Meu noivo e’ afrikaans, nos comunicamos em ingles, com umas palavras em afrikaans e portugues no meio…
Denise na Africa do Sul, Cape Town

– O que você pensa sobre seu novo país e o local onde mora (e/ou onde morou)? Eles respeitam os Brasileiros e outros expatriados vivendo nesse país?
A Africa do Sul e’ muito parecida com o Brasil em muitos aspectos, o clima, a personalidade das pessoas, custo de vida, a economia, politica… Existe uma reputacao de ser violenta, mas vindo de Sao Paulo, Cape Town ‘e um paraiso… Na verdade Johanesburgo tem um indice maior de criminalidade, mas acho que ainda ‘e menor que SP ou Rio. A maior parte acontece mesmo nas favelas, que sao imensas, e realmente as condicoes de vida por la sao mais que precarias. As diferencas socias sao muito grandes, muita gente vive muito bem, ‘e normal ver Ferraris e Lamborghinis nas ruas… enquanto existe milhares de pessoas morrendo de fome, sem trabalho, sem dinheiro ou esperanca.
Desde o fim do apartheid, ha 15 anos, e quando Nelson Mandela foi eleito presidente, a classe media cresceu muito, muitos brancos perderam seus empregos, tiveram que mudar para Europa, America, Oriente Medio ou Australia em busca de oportunidade. Enquanto os negros ganharam direitos e fazem parte da sociedade que antes os renegava. Existe uma contradicao grande a respeito disso, alguns dizem que e’ o apartheid inverso, onde os negros tem prioridade no mercado de trabalho. Mas aos poucos a nova geracao esta se mostrando mais aberta e disposta a conviver em paz; e o racismo se tornando coisa do passado.
A comunidade brasileira por aqui e’ pequena. Em Cape Town, praticamente todos os brasileiros se conhecem. Ha festas latinas e brasileiras e sempre que possivel, nos reunimos e transformamos o braai (churrasco na Africa do Sul) numa verdadeira churrascada com farofa e caipirinha. Os sulafricanos adoram a festa, a musica o astral, mas a farofa pra eles ‘e areia…. : )

– Você tem filhos? Se sim, eles se adaptaram ao novo país? Estudam e têm amigos locais?
Nao tenho filhos.

– Sente saudades da família no Brasil? Sente falta de produtos, alimentos e outras peculiaridades?
Desde que sai do Brasil ha 10 anos, vou a SP ha cada 2 anos, mais ou menos. Alguns amigos ja vieram visitar. Minha familia me visitou em Londres e em Cape Town. Sinto muito a falta deles, mas gracas ao skype nos vemos varias vezes por semana. Em Londres era mais facil achar produtos brasileiros, havia tambem restaurantes e bares brasileiros pra matar a vontade. Em Cape Town nao ha nada. Raramente se acha um feijao preto quase carunchado no mercado do portugues… Aprendi a cozinhar… Faco feijoada, coxinha, pao de queijo, e doces… E’ o unico jeito. De vez enquando recebo uma caixa no correio com guarana, sonho de valsa…! : ) Mas o melhor jeito e’ se adaptar ao pais onde voce mora e apreciar o que ha. A comida sulafricana e’ deliciosa e na verdade nao passo nenhum aperto.

– O que costuma fazer nas horas vagas, finais de semana e feriados? Quais as atividades recreacionais existentes?
Tem tantas opcoes de lazer por aqui… as praias e montanhas sao maravilhosas, da pra surfar, kite surf, windsurf e outros esportes aquaticos, sulafricanos sao malucos por esportes outdoors, como mountain biking, hiking, sailing, escalada…. As vinicolas ao redor da cidade e no interior sao outra opcao, da pra passar o dia por la, jardim botanico, e muitos shoppings pra quem gosta, como o Waterfront. Tem sempre um churrasco, ou encontro em bares, restaurants, boates … O pais ‘e muito grande e ha varios lugares incriveis pra ir de ferias, como o Kruger Park para fazer o melhor safari, a costa oeste, Durban e a costa leste… E da Africa do Sul ‘e facil conhecer os paises vizinhos Namibia, Mocambique, Zimbabwe, Botswana…
Denise na Africa do Sul

– Você tem planos para o futuro? Pretende viver nesse país para sempre?
Me sinto em casa aqui, sou muito feliz e nao poderia pedir uma vida melhor. Nao tenho planos de viver em nenhum outro lugar. Apenas viagens de ferias pra todo o lugar, pois eu sou quem eu sou e meu negocio e’ conhecer o mundo. : )

– Você comprou ou alugou o local que reside? Quanto pagou ou paga por isso? Comprar imóveis é algo comum nesse país?
Depois de 1 ano alugando, compramos a casa onde moramos. Imovel aqui e’ caro, mas da pra comprar atraves do banco e pagar mensalmente durante ate 20 anos! E’ o melhor investimento, ja que o preco dos imoveis sobe muito e muito rapido. Por exemplo, um apartamento de 1-2 quartos custa mais ou menos 200 mil reais e o aluguel seria de 1000 reais, enquanto o pagamento do emprestimo ao banco seria de 2000 reais… e as taxas de juros sao altas… Contas de agua, luz, telefone sao baratissimas, internet e’ cara.

– Qual o custo de vida?
Acredito que uma familia de 4 pessoas precisaria de pelo menos 10 mil reais.

– Quais os pontos positivos e negativos de morar nesse país?
O clima e’ excelente, a variedade e riqueza de cutura e’ impressionate. Ha oportunidades pra todos, basta se educar e se esforcar. E’ muito facil para o brasileiro se adaptar ao estilo de vida sulaficano. O povo e’ muito simpatico e hospitaleiro.
Infelizmente a polica e’ uma palhacada e com as eleicoes presidenciais chegando estamos todos sem saber o que vai acontecer. As diferencas socias ainda sao muito grandes e acho que vai demorar muito pra melhorar. Com isso o crime aumenta e o medo tambem. Principalmente em Johanesburgo as pessoas vivem atras de muros altos com cerca eletrica, alarme, cahorro, grade e armas… nada que nao vemos no Brasil… Mas ao contrario das maiores cidades brasileiras, ainda se pode usar joias, andar de carro conversivel, tirar fotos com cameras caras e caminhar na rua a noite, em Cape Town e no interior pelo menos…
Denise na Africa do Sul

– Qual a curiosidade que mais te chama a atenção nesse país?
Vivendo na Africa do Sul, voce acaba absorvendo a cultura e aprendendo muita coisa nova. Em esportes, alem do futebol, o rugby e o cricket sao extremamente populares e os brasileiros acabam gostando e torcendo junto!

– O país que você reside tem alguma coisa que é usado no dia a dia que você acha que seria interessante ser implementado no Brasil?
Assim como em todos os paises de lingua inglesa, aqui tambem todo mundo usa por favor e obrigada, mesmo com pessoas com quem se tem intimidade, familia, amigos… No bar nao se fala: me da uma coca… E’: por favor voce poderia me trazer uma coca, obrigada… Nao custa nada ne… : ) E as estradas… ate as menores, no meio do nada, sao impecaveis!

– Você tem sugestões ou dicas para pessoas que pretendem viver nesse país?
Nao importa se voce vem de ferias, pra estudar ingles, pra morar, ou pra Copa de 2010, vai ser uma viagem inesquecivel. Se voce vem morar ou estudar, venha com pelo menos uma base de ingles, e voce vai perceber como vai melhorar rapido. E’ muito facil se adaptar aos costumes sulafricanos, e as pessoas sao muito hospitaleiras. Se misture com os locais e voce vai ter uma experiencia muito especial.

– Você gostaria de recomendar algum web site ou blog relacionado à esse país?
Pra quem quer saber precos de aluguel, carro ou outras coisas visite: www.gumtree.co.za

Pra quem quer ver noticias, esporte: www.news24.com

Pra quem quer viajar: www.gotravel24.com

 

Participe… Deixe seu comentário!

News Reporter
Criou o Bate Papo Pelo Mundo (também conhecido como Entrevistando Expatriados) em 2008 e adora conversar sobre o assunto vida no exterior. Atualmente mora no Canadá, mas também já chamou de casa países como a Holanda, os Estados Unidos e a Australia. Ela também escreve nos blogs Casal Mikix e Viajoteca, e atua como consultora de intercâmbio para o Canadá, junto a Mikix Intercâmbio.

56 thoughts on “Vivendo a Africa

  1. Obrigada pela sua informacao. Descordo de vc quanto a questao de pedir algo. Pois fui eduacada e educo os meus filhos pedindo por favor e agradecendo.

    Ha possibilidades de vc atualiza-las?
    Grata,
    Monica / Rio de Janeiro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *