Gioconda na ItaliaVivendo na cidade eterna, onde o antigo e o moderno caminham juntos…
Assim como alguns expatriados, Gioconda e o marido decidiram viver fora do país para ter experiência no exterior e desfrutar um pouquinho do encantamento de Roma. Conheça um pouco da sua história…

– Nome:
Gioconda Ghiggi

– Onde nasceu e cresceu?
Nasci em Caxias do Sul, RS. Mas tive uma vida um pouco nômade, morei no Para, Maranhão, Rio Grande do Norte, São Paulo, Santa Catarina (mais precisamente Chapeco, onde mora minha familia e grandes amigos) e por “ultimo“ Curitiba, onde estudei e trabalhei por 5 anos!
Gioconda na Italia

– Em que país e cidade você mora?
Moro na Itália, em Roma

– Você mora sozinho ou com sua família?
Moro com meu marido e um lindo gatinho, o Leo.

– Há quanto tempo você reside nesse local?
Estou em roma desde janeiro 2006..

– Já residiu em outro(s) país(es) antes dessa experiência?
Não…

– Qual sua idade?
27…

– Quando surgiu a idéia de residir no exterior?
Sempre quis realizar uma experiência fora do Brasil, e por questoes familiares e de trabalho, decidimos morar aqui (em Roma), por um período.

– Foi difícil conseguir o visto de residência ou o visto de trabalho?
No meu caso, tenho o “permesso di soggiorno” por familia, pois meu marido é cidadão italiano.

– Você tem seguro saúde? Foi difícil obtê-lo antes ou depois da sua chegada?
Utilizo a assistência sanitária italiana e, caso precise de algum exame especifico, uso o sistema privado.

– Você trabalha? Como a renda familiar é obtida?
No momento estou me especializando na área de Educação…. por isso não trabalho.

– Você fala a língua local? Você acredita que é importante aprender a língua local?
Quando cheguei na Itália, tinha um conhecimento médio do Italiano, hoje, principalmente na comunicação oral estou muito bem. Com certeza é importante aprender a língua do pais, de preferência antes da entrada, assim facilita em todos os sentidos.

– O que você pensa sobre seu novo país e o local onde mora (e/ou onde morou)? Eles respeitam os Brasileiros e outros expatriados vivendo nesse país?
Bom, esse é um argumento muito difícil, pois a Itália vive um problema intercultural muito grande…. Alguns grupos étnicos enfretam grandes problemas de inserimento. Ate o momento não tive nenhum problema serio por ser brasileira. Seria interessante uma bela discussão sobre o tema “extracomunitarios” (ou seja, as pessoas que não são da união européia), mas este é um assunto muito complexo….

– Você tem filhos? Se sim, eles se adaptaram ao novo país? Estudam e têm amigos locais?
Ainda não, pois a Itália não da muitas condiçoes para a mulher trabalhar e ter filhos.

– Sente saudades da família no Brasil? Sente falta de produtos, alimentos e outras peculiaridades?
A Familia é fundamental, mas infelizmente um oceano nos separam… Mas sempre que é possível, o telefone e a internet estreitam as relações, pois telefonar para o Brasil é muito fácil e não custa muito. Para dar um exemplo: são disponíveis vários cartões telefônicos que custam 5 euros, que telefonando de fixo para fixo, é possível um contato de ate 400 minutos…
Digamos que em dois anos na Itália, não consegui provar ainda todas as delicias da culinária italiana, e considerando a variedade de imigrantes podemos dar a volta ao mundo nos diversos restaurantes multietnicos… entre eles a cozinha brasileira, principalmente uma boa churrascaria.
Enquanto aos produtos brasileiros, não é difícil encontra-los, alguns são disponíveis em Mercados outros on-line.
Mas sinto muita falta de algumas frutas e de uma boa Erva-mate para fazer aquele chimarrão!!!
Gioconda na Italia

– O que costuma fazer nas horas vagas, finais de semana e feriados? Quais as atividades recreacionais existentes?
No meu caso, gosto muito de conhecer as pequenas cidades da região, fazer fotos, escutar uma boa musica, assistir filmes…

– Você tem planos para o futuro? Pretende viver nesse país para sempre?
Isso depende de muitas questoes… mas se a economia italiana continuar no atual ritmo, penso que logo estaremos nos mudando…

– Você comprou ou alugou o local que reside? Quanto pagou ou paga por isso? Comprar imóveis é algo comum nesse país?
No geral, comprar uma casa ou apartamento na Itália é muito difícil, pois os valores são altos, assim como alugar uma casa. Um valor exato è difícil, pois depende a região ou do bairro. Só para dar um exemplo, um quarto em Roma custa de 200 a 400 euros/mes.

– Qual o custo de vida?
O Custo, infelizmente é alto. Um valor exato é difícil.

– Quais os pontos positivos e negativos de morar nesse país?
Apesar da Itália ser muito menor que o Brasil, é cheio de contradiçoes. Digamos que no geral, saúde e segurança são positivos, além dos aspectos culturais. Como comentei, no geral, pois em algum lugares na Itália não é bem assim. Isso não quer dizer que a Itália é melhor ou pior que no Brasil, mas sim diferente. Negativo, acho que estar longe dos amigos e familia…
Gioconda na Italia

– Qual a curiosidade que mais te chama a atenção nesse país?
Curioso… por exemplo, em alguns mercados, você é quem pesa a sua fruta. Outro exemplo que nos ônibus não tem um combrador ou catraca, você entra e timbra a sua passagem (método usado em muitos países europeus) e se aparece um fiscal, e vc não tem a passagem ou não timbrou… Multa….

– Você tem sugestões ou dicas para pessoas que pretendem viver nesse país?
Como turista, a Itália é maravilhosa… para quem quiser morar, é preciso organizar bem, ler muito os jornais e site com informações e, principalmente, vir legalmente, pois com a atual política sobre imigração é melhor não correr riscos. A questão do trabalho é outro grande problema, é melhor ver as reais condiçoes e de preferência vir já com um contrato.
Gioconda na Italia

– Você gostaria de recomendar algum web site ou blog relacionado à esse país?
Meu blog, é simples mas tento repassar algumas experiências, lugares, curiosidades, noticias relacionados a Itália: www.dentrodabota.blogspot.com

No Orkut também é possível encontrar varias comunidade sobre a Itália (morar, estudar, viajar…).

News Reporter
Criou o Bate Papo Pelo Mundo (também conhecido como Entrevistando Expatriados) em 2008 e adora conversar sobre o assunto vida no exterior. Atualmente mora no Canadá, mas também já chamou de casa países como a Holanda, os Estados Unidos e a Australia. Ela também escreve nos blogs Casal Mikix e Viajoteca, e atua como consultora de intercâmbio para o Canadá, junto a Mikix Intercâmbio.

11 thoughts on “Dentro da Bota

  1. Só dois anos? Pensei que fossem mais.
    Também gosto muito de sair sem destino, conhecendo os pequenos borgos e vilarejos escondidos do turismo. Mas aprendi que os preços nos restaurantes dobram aos domingos.
    Em Roma, prefiro os restaurantes romanos mesmo. 🙂

  2. Oi Gioconda !
    Quer dizer então que éramos vizinhas e não sabíamos ? hehehehehe
    Você é de Caxias e eu sou da rival Bento. Fiz meu curso superior na UCS, gosoto muito de Caxias. Se tivesse tido oportunidade, teria morado lá, com certeza.
    Agora estou casada e morando na Holanda. Quase que somos vizinhas de novo !
    Sucesso e, se quiser, pode usar meu e-mail para contato: susanajas@hotmail.com

    Sds,

    Susana

  3. magari! amei tuas fotos tanto aqui como no flickr(arrasou!). E que lindo gatinho!

    Realmente tua colocacao sobre o viver em outro país, questao custo,disse tudo! .
    P.S.: essa ultima foto ai na tua entrevista,wow!daria uma grande tela na minha sala(LOL).Ameiiii!!!amei!!

  4. Valeu!!!
    é sempre bom trocar experiencias….
    Aproveito para pedir desculpa pelos errinhos gramaticais, e principalmente, falta de acentos……

    Gi!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *